Pudim de chia com fruta e cacau

Pudim de chia e fruta

Há muitos anos larguei a lactose. Não me faz falta. Mas dos lanches que me ainda me trazem algum conforto no Verão são os “iogurtes”. Também não sou muito fã de bebidas vegetais, principalmente as de soja, pois têm muito açucar. Por isso, ou faço em casa as bebidas vegetais (temos um mar de receitas da net) ou , compro da Provamel este leite de amêndoas sem adição de açucar Leite de amêndoa – o mais clean que conheço.

Também gosto de comer após o treino de manhã, com sementes de cânhamo para aumentar a proteína e, alguns frutos sêcos ou abacate para ingerir uma gordura saudável que me ajudará a ficar saciada por mais tempo.

A receita não tem muito segredo e, depende muito da nossa imaginação e criatividade culinária 🙂 Basta fazer a receita base de pudim e, depois dar asas à imaginação acrescentando a esta base alguma fruta batida congelada ♥ e especiarias a gosto. O amor conta muito – ajuda a saúde e a alegria de partilhar.

Pudim de chia

Receita Base: (5 pudins)

  • 700 ml  Leite de amêndoa (ou outra bebida vegetal)
  • 7 colheres de sopa de chia
  • 1 vagem de baunilha aberta ao meio (opcional)
  • 2 colheres de sopa de açucar de côco (opcional)

Método: Misturar tudo e deixar durante o dia ou noite no frigorífico para solidificar e a chia soltar a gelatina. Podem deixar apenas 4 horas.

Quando tirar do frigorifico separar com um garfo alguns grumos que se tenham solidificado.

Camada de fruta ou cacau

Opções de fruta semi-congelada:

  • Framboesas, morangos, mirtilos, manga, pêssego ou côco ralado…
  • ou CACAU CRU ISWARI
  • Raspas e sumo de lima (Opcional)
  • Canela pó (opcional)
  • Raspas de gengibre (opcional)
  • Açucar de côco (opcional)

Método: Bater a fruta com a varinha ou robot

Normalmente divido a receita base em 5 tacinhas e junto a cada uma delas uma fruta batida diferente.

Desta vez juntei numa taça framboesas batidas e raspa de lima, noutra uma colher sobremesa de cacau e uma pitada de canela, noutra uma colher de sobremesa de côco ralado e noutra mirtilos batidos.

Também fica muito bom com uma camada de sabor a manga e outra com côco e apontamentos de lima.

Pudins.jpg

Até à próxima!

Ana

Anúncios

Pão de arroz integral e espelta — Perfeita-Mente Natural

Este pão aprendi na minha grande escola de Macrobiótica, o IMP. Mas dei-lhe uma volta acrescentei-lhe algo doce e uns frutos secos. É feito com sobras de arroz integral, o que dá um jeitão!! Tenho-as sempre no frigorífico. O arroz integral com 4 dias começa a fermentar naturalmente, o que é poderosamente benéfico para […]

via Pão de arroz integral e espelta — Perfeita-Mente Natural

“ARROZ” de couve-flor com salmão, açafrão e sumo de lima

unnamed

É só inventar, inventar!! 

Esta nova onda de transformar bóculos e couve-flor está a puxar mesmo pela minha imaginação. A vida corre-me bem e, a alimentação também 

Basta ter um acessório de cozinha que triture a couve em arroz ou um ralador de cenoura (dá mais trabalho). Eu uso o meu robot (Kenwood). Depois é só dar asas à imaginação!

Tenho feito de duas maneiras: a) começo tudo com um salteado simples com cebola, alho francês, cebola roxa, alho ou funcho etc, depois acrescento o “arroz” crú e, no final uma proteina (animal ou vegetal como grão, cogumelos, feijão tofú…) e tempero. Ou, b) cozo no vapor o “arroz” e misturo com vegetais e proteína já cozinhados (sobras). Há quem coza a couve triturada no micro-ondas … (eu não!)

Mas esta é uma das formas que mais gosto 🙂 Aqui vai:

INGREDIENTES

  • 1 chávena grande de couve flor triturada
  • Salsa
  • 1 dente de alho
  • 8 rodelas de alho francês
  • 1 cm de açafrão ralado (ou uma colherinha de café de açafrão em pó)
  • 1 colher de sopa de óleo de soja
  • 2 colheres de sopa de óleo de côco (ou azeite virgem)
  • 3 colheres de sopa de água
  • 1/2 lima
  • Sal e pimenta preta
  • 1 posta de salmão previamente cozida (usei um lombinho)

PREPARAÇÃO

1 – Comece por triturar a couve flor (1/5 mais ou menos de uma couve média), com salsa a gosto e um dente de alho. reserve.

2 – Coza a posta de peixe. reserve.

3 – Para o salteado aqueça o óleo de cêco e acrescente o alho francês, deixe alourar lentamente para não queimar. Junte o açafrão ralado fininho. Junte o “arroz” e as três colheres de água. Deixe cozinhar 5 minutos e vá virando. acrescente o molho de soja (uso Tamari – sem glúten), um pouco de sal e raspa de meia lima.

4 – Ajuste os temperos. Desfaça o salmão grosseiramente com os dedos e junte ao preparado.

5 – Mesmo antes de servir regue com sumo de meia lima, salsa e um pouco de pimenta preta acabada de moer. Acompanhe com uma salada verde e pêra abacate.

Nota: O açafrão acadinho de ralar tem propiedades incríveis (devido à curcumina presente é um poderoso anti-inflamatório, anti-fungico, anti-oxidante), MAS para ser plenamente absovida pelo organismo a curcumina precisa da pimenta preta para fazer o seu serviço 🙂

 

 

Marmelada com Alecrim e Pêra madura

unnamed

Os ingredientes que saem da nossa própria terra sabem-nos bem melhor. E o prazer que nos dá vê-los crescer e depois, transformar! Como já estou a pensar num presente de Natal e numas certas pessoas… meti-me ao caminho da panela ♥

INGREDIENTES

(Dá 6/8 taças)

600 gr de pêra descascada e desencaroçada MUITO madura

500 gramas de marmelos descascados e sencaroçados

650gr de açucar amarelo (ou 1 embalagem de maple sysup ou mel de arroz)

1 casca grande de laranja

1 casca de limão + sumo de meio limão

1 colher de chá de canela

2 colheres de sopa de alecrim fresco muito bem picadinho

PREPARAÇÃO

Colocar todos os ingredientes numa panela, à excepção do alecrim.

Quando levantar fervura deixar cozer 1 hora ou até a fruta ficar com a cor acastanhada da marmelada.

Tirar as cascas do limão e da laranja. Passar com a varinha mágica e juntar o alegrim finamente picado.

Deixar mais 5 minutos apenas para o alecrim cozer. Deitar em tacinhas e deixar arrefecer. Pode congelar 🙂

DICA: Esta marmelada fica deliciosa em cima de pão pita tostado com uma fatia de queijo de cabra/ feta e, um copinho de vinho tinto (bio)…. vão sonhando e este fim de semana façam e digam como ficou. Cá vos espero!

 

Satay tempeh – Espetadas de verão

3437e51e-6fa7-4bd5-a1e7-d8b0e02af952                                 Hum… já estou a babar para mergulhar nestas espetadas!!!

Por ser um alimento fermentado, o tempeh é daqueles produtos que é essêncial para o funcionamentos dos intestinos, para a beleza da pele e com uma carga de proteína muito equilibrada. É também fonte de gorduras saudáveis essenciais ao sistema nervoso e cardio.

Feito à base de soja fermentada, contém isoflavonas (actuam como estrogéneo natural) que, naturalmente beneficiam mulheres na menopausa e transtorno pré-menstrual. É recomendado para desportistas, situações de stress ou trauma, anemia de ferro e vegetarianos.

Eu adoro!! Faço-o em caril, salteado com legumes, no forno, frito no óleo… (só de vez em quando!), croquetes. Deixo-vos a marca que mais e gosto e de confiança (Bio e artesanal). Eu compro na Biofrade (Parede) ou Instituto de macrobiótico e de Portugal (Chiado). Mas encontram-no noutros sítios.

Estas espetadinhas são das melhores refeições de verão que comi nos últimos tempos! Juro!!! Vale a pena experimentar!

 ( http://www.salstempeh.com/Home.html – tambem vende outras variedades para além da soja)

RECEITA (6 Espetadas)

INGREDIENTES

  • 1 Embalagem de Tempeh de soja (250g) cortada em cubos grandes
  • 1 Cebola grande
  • 16/18 Pimentos Padron
  • 2 Tomates
  • Paus de espetadas
  • Alho (opcional)

Para a MARINADA

  • 1 colher de sobremesa de gengibre em pó
  • 1 limão espremido
  • 2 colheres de Sopa de Tamari Bio (Este molho de soja é fermentado durante mas tempo e não tem gluten)
  • Água

PREPARAÇÃO

  1. Começar por fazer a marinada numa tigela funda, colocar o tempeh e adicionar água até que todos os cubinhos fiquem cobertos de marinada. Deixar 4 horas (ou a noite/ dia).
  2. Colocar os ingredientes nos pausinhos por ordem de beleza 🙂
  3. Colocar no grelhador ou chapa e deixar alourar de todos os lados. Enquanto isso, vá regando com sumo de limão e sal. No final acrescente mais umas gotas de Tamari
  4. aproveite a marinada! Salteie uns legumes e no ultimo minuto acrescente-a ♥

 

2737a08e-117c-4f76-8b6b-c04b94669e6eENJOY LIFE

ENJOY NATURAL FOOD

 

 

 

Pancakes de Couve flor e cebolinho

IMG_20160516_103814

Gosto de Panquekas, de crepes, tortilhas, podem cair todos no meu prato e, se forem sem glúten os meus intestinos agradecem! Reecriei a receita de pizza de couve-flor para fazer mais uma versão de crepes para o meu pequeno almoço. E saiu muito bem!!! Costumo acompanhar com um creme (abacate, hummus, papaia…) ou, simplesmente com uma boa salada ♦

Esta receita faz 4/5 doses, conforme o tamanho que fizer cada panqueca ( e a sua fome), tem alguns passos, mas é fácil, não se assuste (vai ficar com crepes para 4 dias. yieh!!!)

INGREDIENTES

  • 1 couve flor (não muito grande)
  • 2 ovos biológicos grandes (ou 3 pequenos)
  • 1/4 chávena de coentros picados
  • 1/4 chávena de cebolinho picado
  • Sal e pimenta (a couve flor gosta muito de pimenta)
  • Sumo de meio limão (e a raspa se gostar do sabor)
  • 1 colher de sopa bem cheia de linhaça moida (ou aveia) – para juntar melhor os ingredientes

PREPARAÇÃO

  1. Pré-aqueça o forno a 180º
  2. Parta a couve em floretes e pique no roubot, ou 1,2,3 até ficar em arroz (cuidado para não ficar muito espapassado.
  3. De seguida coza no vapor 6 minutos ( vá mexendo), ou 4 minutos no microndas… 😦
  4. Quando arrefecer, ou com uma luvas, coloque a couve num pano fino, ou numa meia, ou gaze, até que saia o máximo de liquido.
  5. Numa taça bata bem todos os outros ingredientes com um garfo e, por fim, junte a couve espremidinha.Use as mãos par a moldar 5 pequenas “panquecas” no papel vegetal.
  6. Asse por 10 minutos, vire cuidadosamente cada uma, e voltar a assar por mais 10 minutos, ou até que estejam um pouco tostadas.
  7. Quando quiser comer, basta aquecer uma frigideira anti aderente, colocar a/s panqueca/s e aquecer bem pressionando com a espátula para que fique crocante e mais espalmada.

Bom apetite e deixe o seu comentário!! Ou quando fizer diga se ficou bom, mande as suas fotos! Quero saber dos seus cozinhados!

 ♥ Quero conhecer a sua vida saudável ♥